Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

VIDA | NOTÍCIAS

Filtros solares na prevenção do câncer de pele e do fotoenvelhecimento

destaque

A luz do sol é necessária para o bem-estar e para a saúde do ser humano. A exposição aos raios ultravioleta (UV) pode aumentar a concentração de vitamina D circulante ou reduzir a função imunitária sanguínea. Segundo Claudia Maria D. C. Cavalcanti, dermatologista do Centro Médico e de Fisioterapia da Caarj, a radiação ultravioleta (UV), dependendo da constituição individual, predisposição genética, tempo e intensidade de exposição, pode causar sérios danos a pele. “Não devemos fazer do sol um inimigo, mas é preciso saber como nos proteger, sem prejudicar à saúde”, alerta a médica.

Os filtros não são somente cosméticos e sim protetores eficazes contra radiações ultravioletas em diversas situações. Claudia afirma: “São uma necessidade diária para toda a população, independente de cor, idade, raça e região geográfica”. E completa: “Os filtros protegem contra a queimadura solar, evitando o fotoenvelhecimento precoce da pele e a degeneração tecidual antiestética, além de impedir o agravamento de doenças preexistentes específicas”.

A importância da exposição solar X danos

Quanto mais idoso o ser humano se torna, maior a sua chance de vir a desenvolver câncer de pele. Há evidências de que eventos ocorridos na infância tem a maior influência no desenvolvimento do câncer de pele na idade adulta. Além disso, cada vez mais indivíduos na segunda e terceira décadas da vida estão sendo tratados de câncer de pele. Ocasionalmente adolescentes e, mais raramente, crianças também são afetados.

A dermatologista explica que a exposição solar constante e prolongada é o fator ambiental mais importante no aparecimento do câncer de pele e do envelhecimento precoce. “O sol é a principal causa de 90% de todos os cânceres de pele, evite a exposição exagerada”, recomenda Claudia Maria.

Utilização correta do fotoprotetor para prevenção

Algumas orientações são importantes para a utilização correta do fotoprotetor. A médica orienta: aplicar o fotoprotetor de 20 a 30 minutos antes da exposição ao sol, para ser absorvido e desempenhar seu efeito protetor; passar o filtro solar em todas as áreas do corpo expostas, nas orelhas, na calvície, dorso das mãos e dos pés também; utilizar ao redor dos olhos, mas evitar as pálpebras inferiores e superiores. As crianças tem o hábito de esfregar os olhos e alguns produtos podem ser irritantes, caso isto ocorra, lave os olhos imediatamente, diz a dermatologista. O uso de proterores solares labiais também é muito importante, finaliza.

 



NOTICIAS

03/08/2017 - Saiba identificar os sintomas da estafa

SAIBA +

29/06/2017 - Aprenda a proteger a pele no inverno

SAIBA +

20/06/2017 - Atenção às doenças de inverno

SAIBA +

12/06/2017 - Campanha de Vacinação chega ao Centro do Rio

SAIBA +

08/06/2017 - Campanha de Vacinação bate a marca de 4 mil doses

SAIBA +

31/05/2017 - Saiba mais sobre a Esclerose Múltipla

SAIBA +

08/05/2017 - Atenção ao uso do computador

SAIBA +

26/04/2017 - Hipertensão: prevenção é a saída

SAIBA +

12/04/2017 - Caarj dá início à Campanha de Vacinação de 2017

SAIBA +

06/04/2017 - Campanha Advocacia Solidária

SAIBA +

[MAIS NOTÍCIAS]