Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

INSTITUCIONAL | NOTÍCIAS

Mês da mulher agita subseções no estado

destaque mes mulher

Um mês de homenagens, de festas e de luta. Assim foi o mês de março em diversas subseções da OAB/RJ, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Discutindo temas como saúde, inserção no mercado de trabalho, violência e assédio e a situação da mulher profissional de Direito, os encontros mostraram a união da categoria em torno da questão feminina. “Estes eventos são importantes porque precisamos pensar no que queremos deixar para nossas filhas, nossas netas, no futuro”, frisou a vice-presidente da Caarj, Naide Marinho, que prestigiou diversos eventos e foi homenageada em alguns deles.

Foi o caso do encontro realizado pelas subseções Piraí e Rio Claro, no dia 6. A solenidade, que reuniu membros do Judiciário, do Executivo e do Legislativo das duas cidades, contou com a entrega de honrarias a cinco mulheres da região. Para o presidente da OAB/Piraí, Gustavo Abreu, a homenagem marcou o posicionamento da Ordem em favor da valorização da mulher. “A mulher precisa galgar mais espaços, garantir seus direitos. Precisamos de mais mulheres em posição de comando, por exemplo”, afirmou Abreu. Na ocasião, Naide lembrou os casos de assédio que as mulheres advogadas ainda sofrem. “Violência não é só física, e a OAB tem a obrigação de denunciar este tipo de atrocidade. É preciso conscientizar a mulher para que ela denuncie os assédios”, pontuou. No mesmo dia, a OAB/Santa Cruz realizou um encontro onde foram oferecidas dicas sobre maquiagem e cuidados com a pele.

No dia 8, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, foi realizada uma feijoada, em parceria com a Associação Carioca dos Advogados Trabalhistas (Acat), para homenagear seis advogadas. No evento, o presidente da Caarj, Marcello Oliveira, celebrou a integração com a Acat e defendeu a união das entidades em favor da defesa da mulher advogada. “Avançamos no tempo, mas não no direito. Ainda temos diferenças salariais, assédios de diversas espécies. São pautas que têm que ser discutidas por todas as entidades da advocacia”, frisou Oliveira. Naide completou o colega, citando o direito ao voto, a lei Maria da Penha e a cota de 30% para mulheres na direção da Ordem como avanços conquistados pelo tempo. “A participação das advogadas é fundamental, se queremos realmente garantir nossos direitos”, acrescentou.

No mesmo dia, uma ação realizada pelo Eixo Vida em parceria com a subseção Nilópolis mobilizou a categoria em torno da campanha “Doe com Amor”, voltada para o público feminino e portador de câncer. O objetivo da campanha foi arrecadar lenços de cabeça, para doar às vítimas de câncer que perdem os cabelos durante o tratamento da doença. “As mulheres que descobrem a doença se anulam para o mundo”, justificou a presidente da Comissão da Mulher da OAB/Nilópolis, Edna Laranjeiras da Silva. A campanha continuará em curso até o final de 2015.

A subseção Barra da Tijuca dedicou a semana entre os dias 9 e 13 a um círculo de palestras, que discutiram temas como o novo Códico de Processo Civil, violência doméstica, adoção e a posição das mulheres no cenário econômico brasileiro, entre outros. O dia 12 foi dedicado à entrega de homenagens. Foram lembradas 14 mulheres, entre elas Naide Marinho e a funcionária da subseção Shirlei Costa. “No dia 8 completei 36 anos de trabalho na OAB. Pra mim, receber esta homenagem foi ao mesmo tempo uma surpresa e uma honra”, disse. Outra subseção que dedicou esta semana ao tema foi a OAB/Campos dos Goytacazes, que realizou palestras abordando assuntos como equidade de gêneros.

No dia 18, a OAB/RJ recebeu a presidente do Conselho Penitenciário do Rio e membro da OAB Mulher, Maíra Fernandes, para a palestra Encarceradas: um olhar contemporâneo sobre a vida das mulheres na prisão. O evento abordou as dificuldades enfrentadas por um grupo que se torna mais vulnerável para a sociedade: “Essas mulheres acumulam todos os estigmas que se pode imaginar. Elas conseguem reunir, em uma mesma condição, o próprio fato de serem mulheres, a questão de serem na maior parte das vezes negras, da grande maioria ser pobre, com pouquíssimos acessos a recursos e oportunidades de emprego, e ainda o estigma da prisão, que já e uma chave dificílima para romper para homens, quanto mais para mulheres”, destacou Maíra, durante o encontro. A OAB/Niterói realizou, no dia 24, encontro discutindo o tema União Homoafetiva e Relação Familiar na Guarda Compartilhada, que contou com a presença da diretora do Eixo Bem-Estar da Caarj, Marisa Gaudio, que preside a Comissão Homoafetiva da OAB/Teresópolis.

Cafés da manhã, jantares e mimos como dicas de maquiagem foram escolhidos por outras subseções como formas de homenagear a mulher neste mês de março. Foi o caso das subseções Santa Cruz, Madureira, São João de Meriti, Pavuna, Duque de Caxias, Belford Roxo e Mendes – esta última, além do café da manhã, exibiu o documentário Mulher para suas homenageadas. A subseção Araruama realizou um jantar, no último dia 26, que também contou com a presença de Naide Marinho entre as homenageadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja mais fotos AQUI.



NOTÍCIAS

18/07/2017 - Encontro marca lançamento da Meia Maratona e Performance

SAIBA +

10/07/2017 - Congresso Nacional do IAB discute Reforma Política

SAIBA +

06/07/2017 - Rio vai sediar a 1ª Meia Maratona Nacional da Advocacia

SAIBA +

24/05/2017 - OAB/Bom Jesus do Itabapoana recebe doação da Caarj

SAIBA +

24/04/2017 - Exposição retrata mulheres advogadas

SAIBA +

24/04/2017 - Seminário discute reforma trabalhista

SAIBA +

03/04/2017 - Parceria entre Caarj e Seap garante dignidade a criminalistas

SAIBA +

01/04/2017 - Mês da Saúde Caarj movimenta o mês de abril

SAIBA +

30/03/2017 - Ciclo de palestras com Guilherme Miziara chega às subseções

SAIBA +

20/03/2017 - Caarj realiza mais um evento em comemoração ao mês da mulher

SAIBA +

[MAIS NOTÍCIAS]