Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

INDEX | NOTÍCIAS

Ministério da Saúde apresenta números sobre a epidemia de Aids no país

shutterstock_524791918_mail

Pelo menos 827 mil pessoas vivem com HIV/Aids no Brasil. O dado foi apresentado pelo Ministério da Saúde neste dia 01 de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids. O número ainda é alto, mas após 35 anos do primeiro registro científico da doença, o Brasil pode dizer que a epidemia preocupa, mas está controlada. A meta, agora, é aplicar o contexto da meta 90-90-90, do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids).

A meta consiste em ter 90% das pessoas com o vírus no país testadas, 90% destas, tratadas e 90% das pessoas tratadas com carga viral indetectável até 2020, com vistas ao fim da epidemia em 2030. Hoje, o patamar do país está em 87% das pessoas com o vírus, testadas. Em 2015 foram realizados 8,5 milhões de testes. Deste total, 64% dos pacientes está em tratamento. “Pessoas que aderem ao tratamento e têm carga viral indetectável têm melhor qualidade de vida e dificilmente transmitem o vírus”, afirma Adele Benzaken, diretora do Departamento das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

Outro dado expressivo relatado pelos dados apresentados mostra que o Brasil registrou queda de 42,3% na mortalidade pela doença, em 20 anos: foi de 9,7 óbitos por 100 mil habitantes, em 1995, para 5,6 óbitos por 100 mil habitantes, em 2015. Desde o surgimento da doença, o Brasil vem tomando posição de vanguarda na oferta de tratamento e assistência às pessoas convivendo com o vírus. Hoje, há 489 mil pessoas em tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O relatório mostrou, ainda, que a epidemia tem se concentrado em populações-chave (homens que fazem sexo com homens, travestis e transexuais, profissionais do sexo e usuários de drogas) e em jovens do sexo masculino, em todas as faixas etárias. Entre mulheres, porém, houve queda em todas as faixas etárias, em especial na população entre 25 e 29 anos: em 2005 eram 32 casos por 100 mil habitantes e, em 2015, 16 casos para 100 mil habitantes. O foco do Ministério, agora, é procurar uma linguagem mais próxima dos jovens para tratar da prevenção à doença.



NOTÍCIAS

28/11/2013 - Proteger para incluir

SAIBA +

07/11/2013 - Conheça as unidades do Sesc no Rio de Janeiro e saiba como ser conveniado

SAIBA +

14/10/2013 - Regulamento das Promoções

SAIBA +

17/09/2013 - Subseções promovem jogos esportivos para advogados e estagiários de Direito

SAIBA +