Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

INDEX | NOTÍCIAS

Uma família grávida do coração

No próximo domingo (21), o Eixo Social da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio (Caarj) estará presente na VIII Caminhada Pró Adoção, em Copacabana, evento em comemoração ao Dia Nacional da Adoção, celebrado dia 25 de maio. A caminhada tem como objetivo formar famílias e lembrar da importância da adoção. Mas se engana quem acha que qualquer um pode adotar. É necessário que o adotante esteja habilitado, para estar na fila de adoção. Quem explica melhor é o casal de advogados Maria Fernanda Benoliel e Alberto Benoliel, que trabalham juntos na área de Direito do Trabalho e que passaram por todo o processo necessário para a habilitação, mas que ainda aguardam a chegada do tão esperado filho.

 

Segundo Alberto, é necessário participar de reuniões com as Varas da Infância e Juventude. “São quatro reuniões obrigatórias, na época que a gente se habilitou eram três”, relata. Apesar disso, estar habilitado não significa que a adoção sairá mais rápido. O casal, que está há um ano na espera, conta como é estar na fila. “Tem que ter muita paciência e muita tranquilidade, por que a fila é uma coisa que a gente não tem acesso, a gente não sabe em qual posição está, o tempo que vai demorar, o que só aumenta a ansiedade”, comenta Maria Fernanda.          

 

Isso, porém, não desanima o casal. Maria Fernanda e Alberto contam cada segundo para a chegada de seu filho, ou filha. “Ansioso a gente sempre fica, é natural. Na última semana, por exemplo, surgiu a possibilidade (de adoção), mas fomos frustrados. É como se fosse um aborto do coração. A gente está grávido do coração. Semanalmente a gente assiste um programa de adoção na TV fechada, e sempre que assistimos a emoção fica à flor da pele”, pontua Alberto, que ressalta: aceitam adotar até dois irmãos.

 

Apesar disso, os preparativos para o aumento da família não páram. Mesmo sem saber o sexo ou a idade da criança. “Não sei com que idade ele vem, nem o sexo, mas meu filho já tem berço, já tem papel de parede, já tem roupinha,já tem brinquedo. E já tem o principal, que é amor, muito amor”, frisa Maria Fernanda.



NOTÍCIAS

28/11/2013 - Proteger para incluir

SAIBA +

07/11/2013 - Conheça as unidades do Sesc no Rio de Janeiro e saiba como ser conveniado

SAIBA +

14/10/2013 - Regulamento das Promoções

SAIBA +

17/09/2013 - Subseções promovem jogos esportivos para advogados e estagiários de Direito

SAIBA +