Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

INSTITUCIONAL | NOTÍCIAS

Evento aponta desafios à participação da mulher na advocacia

I Encontro Nacional das Advogadas do Brasil reuniu mais de 150 mulheres no Rio de Janeiro

As mulheres representam 48,5% de todo o quadro da advocacia do país e já são maioria entre os advogados no Pará e em Rondônia, segundo dados do Conselho Federal da OAB. Em alguns estados, as advogadas já são quase maioria, como no Rio de Janeiro, onde representam 49,9% da classe e já lideram nas faixas etárias de até 59 anos. Para debater os desafios das mulheres na advocacia, saber o que elas pensam e dar mais voz a suas demandas, foi realizado no Rio de Janeiro o 1º Encontro Nacional das Advogadas do Brasil, que reuniu mais de 150 advogadas de todos os estados do país nos dias 7 e 8 de junho.

Um dos temas tratados no evento foi a importância da advocacia feminista para o enfrentamento da violência contra a mulher. Segundo a advogada Laina Crisóstomo, presidente da ONG TamoJuntas, é importante as advogadas entenderem que o ativismo deve ser coletivo e diário. “Não dá pra gente fazer isso da boca pra fora. A nossa luta se constrói todos os dias. Em algum momento vamos abdicar de alguma coisa para garantir que vários passos sejam dados pra frente”, disse Laina.

A advogada Maíra Fernandes participou do painel “Por qual motivo 30 anos após a declaração consitucional ainda não alcançamos a igualdade de gênero?”. Segundo levantamento feito pela Caixa de Assistência de Advogados do Estado do Rio (CAARJ), mesmo representando quase metade de toda a advocacia do Rio de Janeiro e de apresentarem um crescimento de quase 70% na classe desde 2010, as mulheres recebem, em média, 25% menos que os homens (segundo dados do Censo do IBGE), demoram mais para subir na carreira, são minoria entre advogados que empregam outros colegas (33%) e ainda sofrem variados tipos de assédio.

“Realmente, ainda falta muito para conseguirmos a tão sonhada igualdade de tratamento e de respeito na própria advocacia. No Rio de Janeiro, nós mulheres já somos quase metade da advocacia, mas mesmo assim demoramos mais para crescer na profissão e ainda ganhamos 25% menos que os homens. Há muitos temas a serem tratados em eventos deste tipo. Por isso a importância de estarmos unidas, advogadas de todo o país, para aprendermos e trocarmos experiências, porque juntas somos mais fortes”, disse Maíra Fernandes.

Advogadas na política

A advogada Evelyn Melo, que é sócia de um escritório com outras duas mulheres, tem entre seus clientes um partido político. Ela ressaltou que a atuação das mulheres na política não deve se limitar às candidaturas partidárias. “Política é o que estamos fazendo agora. Nós já atuamos com uma assessoria política, militamos no Movimento da Mulher Advogada. Um encontro só de mulheres é um ato político importantíssimo. Uma mesa só de mulheres, todos os painéis só de mulheres. Essa é a politica por, de e para mulheres”, afirmou Evelyn.

A advogada Deborah Prates, membra efetiva do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), é a primeira e única pessoa com deficiência a integrar os quadros do Instituto em 174 anos de existência e é consultora da Comissão Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CFOAB). Ela ressaltou a importância da inclusão das mulheres com deficiência no evento. “Esse encontro para mim está sendo bastante importante porque eu estou incluída. E isso é um diferencial, porque, em regra, as mulheres com deficiência não são vistas pelas suas iguais. Eu acho que essa é uma das grandes violências que nós mulheres com deficiência sofremos”, contou Deborah.

O 1º Encontro Nacional das Advogadas do Brasil busca a igualdade de gênero como promoção de direitos humanos e tem como meta ocupar espaços institucionais e sociais, em igualdade e proporção. “Eu tenho o maior prazer de construir coisas boas para a advocacia e agradeço muito às colegas por terem escolhido o Rio de Janeiro para ser sede desse primeiro encontro. A advocacia respondeu muito bem e esse plenário é prova disso”, disse Naide Marinho, secretária-geral da CAARJ, durante o evento.

O Encontro Nacional das Advogadas do Brasil teve a parceria de diversas entidades, como a CAARJ, o site Migalhas, a ONG TamoJuntas!, a Comissão Minas Gerais da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica e o Movimento + Mulheres na OAB. Escritórios de todo o país também apoiaram o evento.

Este slideshow necessita de JavaScript.



NOTÍCIAS

08/03/2018 - Mês da Mulher conta com programação especial

SAIBA +

08/03/2018 - 8 de Março, da Publicidade à Reflexão Crítica

SAIBA +

02/02/2018 - Voe Legal é o meio de a advocacia viajar mais barato

SAIBA +

07/12/2017 - Advogados agora contam com clínica exclusiva e a preços acessíveis no Centro do Rio

SAIBA +

10/11/2017 - CAARJ e OAB formalizam conjuntamente a isenção da anuidade para advogadas em ano de parto ou adoção

SAIBA +

01/11/2017 - Exposição Faces da Justiça chega à Região dos Lagos

SAIBA +

19/10/2017 - Outubro Rosa Caarj chega em Nova Iguaçu

SAIBA +

16/10/2017 - Outubro Rosa da Caarj participa de ação em Madureira

SAIBA +

11/10/2017 - Campanha Outubro Rosa começa a receber doações de cabelos

SAIBA +

09/10/2017 - Meia Maratona Nacional da Advocacia movimenta Copacabana

SAIBA +

[MAIS NOTÍCIAS]