Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

SEM CATEGORIA | NOTÍCIAS

Futebol sem Lei agita a Tenda Bem-estar Icaraí

beach soccer

 

O “1º Beach Soccer da Caarj – Futebol sem lei” agitou a noite da última segunda-feira (3/2) na Tenda Bem-estar Icaraí. As disputas ocorreram entre três equipes: Data Venia, Habeas Corpus e Defensoria Pública.

O advogado, Paulo César Dias foi escalado para ser o árbitro. “Fui convocado por livre espontânea pressão”, brincou, acrescentando que não seria rigoroso durante as disputas.

A conciliadora do JECRIM, Rosa Rozângela da Cunha comentou antes do início da disputa: “Vamos jogar mais por diversão e integração”. “Quem sabe, não descobrimos um talento?”, indagou a advogada, que partiu para o ataque no jogo.

A primeira partida aconteceu entre Data Venia e Defensoria Pública. A melhor, com o placar de 2 x 0, foi para a Defensoria. O professor Miguel Ângelo foi o autor do primeiro gol, no primeiro tempo, e o gol de Lívia Côrtes, no segundo tempo, fechou o placar.

A advogada Gina Lustosa ficou na torcida organizada, junto com outros participantes da tenda. “Vim torcer pelos meus colegas. Estou impressionada com a garra da Rosa Rozângela. Ela não para!”, comentou.

No segundo jogo, as equipes Data Venia e Habeas Corpus se enfrentaram. A partida provocou fortes emoções nos atletas e no público, mas encerrou sem gols o primeiro tempo. Já na etapa final, Leonardo Castro e Thaís Guimarães marcaram levando o time à vitória. O resultado de 2 x 0, deu ao Data Venia o título de vice-campeã.

A equipe Defensoria Pública sagrou-se campeã da competição com uma goleada de 4 x 0 sob o Habeas Corpus. A artilheira do 1º Beach Soccer foi a advogada Karina Dantas. “Joguei futebol de areia há muitos anos atrás. Vim sem expectativa e não esperava fazer tantos gols numa única partida”. E explicou entusiasmada: “Sempre joguei na zaga, mas no meio do jogo, acabei indo para o ataque”.

A mãe da artilheira, Ana Maria Dantas, estava no time oposto. “Não importa meu time ter perdido. Afinal, minha filha foi a artilheira e encarou todo mundo. É meu orgulho”, disse, levando todos os participantes às gargalhadas.

A professora da Tenda Icaraí, Marcia Neri, contou como surgiu o evento. “Os homens pediram para organizar um futebol, as meninas adoraram a ideia. Todos ficaram animados pela brincadeira e interação.”

O coordenador do eixo Bem-estar Caarj, Rafael Gonçalves, acompanhou os jogos e resumiu o Futebol sem Lei. “Diversão garantida”. E finalizou: “A participação das mulheres da Tenda Icaraí surpreendeu a todos”.

 

Veja mais fotos aqui.