Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

SAÚDE | NOTÍCIAS

Nos dias ensolarados, os cuidados com os olhos devem ser maiores

dreamstime_5235021

Nos dias de sol, todos sabem que é preciso tomar cuidados com a pele, tais como usar protetor solar e evitar os horários de maior incidência de radiação ultravioleta. Porém, muitos não lembram que os olhos também precisam de proteção, pois, assim como a pele, os olhos também sofrem com a exposição ao sol.

Encarar o sol sem proteger os olhos, pode trazer diversos problemas como pterígio, que causa irritação, olhos vermelhos e fotofobia; catarata precoce; queimaduras e até mesmo tumores malignos.

Por isso, antes de curtir o sol, é fundamental investir em óculos com lentes que contenham proteção UVA e UVB, que não necessariamente são escuras. Hoje em dia, a maioria das lentes de grau já vem com proteção UV. O uso de chapéus, bonés ou viseiras também ajuda a blindar os olhos contra a radiação solar, assim como se proteger na sombra da barraca na praia.

Na hora de escolher os óculos de sol, é importante ter certeza de que ele oferece proteção UV, pois lentes sem essa característica podem potencializar os problemas causados pelo sol. “Com óculos escuros, a luminosidade que chega ao olho diminui e a pupila dilata mais, se a lente não oferecer proteção, os riscos se tornam ainda maiores do que se a pessoa não usasse os óculos”, diz Ricardo de Almeida Neves, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

O oftalmologista lembra ainda que a proteção deve durar o ano todo, pois a radiação solar está sempre presente, ainda mais em uma cidade ensolarada como o Rio de Janeiro. Mas mesmo quando o sol não está brilhando, devemos tomar alguns cuidados, “Até mesmo o mormaço causa danos”, explica Neves.