Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Café da manhã dos projetos Nascer e Aprender leva dicas de leitura para São Gonçalo

destaquesg

A equipe do Serviço Social da Caarj recebeu as mães advogadas beneficiadas pelo projeto Nascer e Aprender no auditório da subseção de São Gonçalo nesta segunda-feira (5). Alguns pais e familiares também participaram do evento, que contou com um café da manhã caprichado.

As famílias assistiram a palestra “Leitura na família e na escola: trajetória de sucesso”, ministrado pela fonoaudióloga, Sônia Mendes. “O bate papo teve como objetivo mostrar a importância da leitura na formação da criança, do jovem e do futuro profissional”, explicou a Sônia.

O vice-presidente da subseção, Alcimar de Oliveira comentou sobre a palestra. “Vamos educar nossas crianças para não punir os adultos”, para em seguida elogiar o apoio da Caarj: “Fomos agraciados com esse projeto na cidade e parabenizamos a iniciativa”, disse. A secretária-geral, Sônia Werneck falou sobre a oficina. “O tema dislexia é difícil de ser detectado até pelos professores. Por isso, a importância de reconhecer os sinais”, explicou.

A advogada Luciana Amaral da Silva conheceu o Projeto Aprender por meio de um colega advogado e elogiou o projeto da Caixa. “O projeto auxilia nas despesas do material escolar e incentiva as mamães para lutar por uma qualidade de vida para os filhos”, disse.

Varilece Rodrigues, acompanhada dos filhos Thalles e Thais, participou pela primeira vez do café da manhã. “Conheci o projeto pelo site da Caarj e da OAB. Me ajudou bastante, pois arcou com todos os ônus da vida escolar dos meus filhos”, explicou o advogada.

Já o advogado Germano Gil da Sil participa pela terceira vez e levou a família toda para o evento. “O mais importante é saber que Caixa está empenhada em auxiliar a nossa classe”, afirmou.

Após a palestra, a diretoria da subseção ajudou a equipe do eixo Social na distribuição dos presentes e kits dos projetos. O delegado da Caarj, Marco Manhães, encerrou o evento. “Todo projeto ajuda a multiplicar as ações de política social em nossa cidade. Com o advento da tecnologia, as crianças e jovens tem perdido, por falta de hábito e prática, o contato com o livro. Palestras como essas são estímulos importantes para a formação dos nossos filhos”, finalizou o advogado.

O próximo café da manhã será no dia 15/5, às 9h30, na subseção de Nova Iguaçu.

Veja mais fotos aqui.