Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

CULTURAL | NOTÍCIAS

Arte no traço: advogado trabalhista leva o dia a dia para a caricatura

Este slideshow necessita de JavaScript.

Primeiro aparecem traços livres no papel, sem forma e de maneira desconexa. Depois, as imagens vão se tornando mais nítidas: o cabelo, o rosto, o formato do corpo. Ao final, o que era apenas um rabisco se mostra como um retrato bem-humorado de pessoas, situações, personagens. O dom da caricatura sai das mãos do trabalhista Romario Silva de Melo, que vê na prática do desenho a melhor maneira de se desligar das correrias do dia a dia. “Na advocacia a gente cuida dos problemas dos outros, é um aluguel de consciência para os outros, em favor dos outros. Desenhando e escrevendo eu relaxo”, afirma.

O cotidiano é sua principal fonte de inspiração, e ele não espera estar num local propício para o desenho para colocar suas ideias no papel. “Às vezes estou esperando por uma audiência, por exemplo, e começo a desenhar. Já fiz a caricatura de juízes, advogados adversos. E é engraçado porque ajuda a quebrar o gelo, nossa profissão é cheia de momentos tensos”, pondera ele, que exerce o Direito há 36 anos.  Do trabalho ao lazer, o traço não espera para se manifestar: ele tem uma série de retratos de garçons de restaurantes que costuma frequentar. “Ia muito num restaurante na Barra da Tijuca, e lá fiz caricaturas de todos os garçons, sempre nas toalhas das mesas. Ao final, eles emolduraram os desenhos, como forma de homenagem”, conta.

Suas obras, porém, não são só lúdicas. Romario tem em seu portfolio desenhos de cunho político, muitos dos quais publicados em jornais nas décadas de 1980 e 1990. “Retratei o Plano Collor, o Plano Cruzado. Acho que o cartum exerce um importante papel social ao analisar, através do humor, os acontecimentos cotidianos”, diz ele, que hoje conta com um blog (romamelo.wordpress.com), onde publica seus desenhos e seus contos – sim, ele também escreve. “Nossa realidade no Direito é fértil em assuntos a serem retratados, a área Trabalhista principalmente. Acho que poderia reunir o material que já tenho, renderia um livro”, garante ele, que também é formado em Jornalismo e que passou aos quatro filhos o talento para as artes.



NOTÍCIAS

14/12/2018 - Aposta da DC estreia no Odeon

SAIBA +

12/12/2018 - Inscreva-se no Festival de Talentos do Teatro Ziembinsky

SAIBA +

07/12/2018 - Literatura crítica e poética compõem revista lançada pela CAARJ

SAIBA +

06/12/2018 - Exposição Faces da Justiça segue para OAB Méier e CAARJ

SAIBA +

06/12/2018 - Curta a programação de dezembro do Cine Odeon com 50% de desconto

SAIBA +

06/12/2018 - Último Cine Clube Direito em Movimento de 2018 reúne os eixos Bem-Estar e Cultural

SAIBA +

04/12/2018 - Confira os espetáculos com desconto em dezembro

SAIBA +

29/11/2018 - Viúvas do crime tomam o Odeon e advogados se dão bem

SAIBA +

26/11/2018 - CAARJ alcança mais de 1000 pessoas com Guilherme Miziara

SAIBA +

23/11/2018 - Teatro Ziembinski tem programação especial no Mês da Consciência Negra

SAIBA +

[MAIS NOTÍCIAS]