Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Entidades da Pavuna e de São João de Meriti recebem doações da Calor Humano

destaque calor 20

Mais duas subseções entregaram, nesta segunda-feira. Donativos recolhidos pela campanha Calor Humano da Caarj a instituições filantrópicas, nesta segunda-feira (20). Enquanto a OAB/Pavuna destinou suas doações à Comunidade Evangélica Nação Santa, que atende dependentes químicos e famílias carentes, a OAB/São João de Meriti entregou parte das peças recolhidas para a Casa São Francisco de Assis, que acolhe idosos em regime de internação.

A outra parte das doações da subseção da Baixada fluminense será destinada ao Abrigo Novo Amanhecer Obras Sociais, voltado para o atendimento de crianças, e deve ser entregue no final da próxima semana. Presidente da subseção, Julia Vera Santos anunciou que a cidade continuará a arrecadar agasalhos, pois o objetivo é bater a marca da OAB/Cambuci, atual campeã do ranking da solidariedade, com mais de 800 peças. São João de Meriti já arrecadou 637 peças. “Nossa meta é chegar à quantidade de mil itens”, garantiu Julia Vera, acrescentando que a subseção já costuma realizar campanhas beneficentes e defendendo que a OAB e a Caarj devem fazer com que a iniciativa se repita no ano que vem. “É uma forma efetiva de ajudar o outro”, considerou a presidente da subseção.

Além de agasalhos, a OAB/São João de Meriti entregou, também, fraldas geriátricas, uma das principais necessidades da Casa São Francisco de Assis, que atende cerca de 50 idosos. Segundo a delegada da Caarj Márcia Oliveira Menezes, a OAB local já é parceira da instituição em outras frentes, tais como doações e até mesmo eventos, como um lanche de confraternização, em dezembro. “A grande carência deles está em material de curativo e fraldas geriátricas”, explicou a delegada, que acompanhou a visita à instituição com outros membros da diretoria da subseção.

Enfermeira da Casa, Cristiane Luisa Ramos explicou que os idosos contam com atendimento médico e de enfermagem, assim como de fisioterapia e psicológico. “Mas eles sentem falta de atividades mais lúdicas, como recreação. O ideal seria que as pessoas doassem, além de itens materais, um pouco do seu tempo, pois isso faz falta pra eles”, ponderou ela, que agradeceu a iniciativa da Caixa de Assistência. “Este tipo de ação abre os olhos da sociedade, que costuma olhar para instituições como a Casa com olhos de pena ou julgamento, quando o que os idosos precisam é carinho e solidariedade”, frisou. A Casa pode ser contactada pelo e-mail casasaofranciscodeassis@yahoo.com.br, ou pelos telefones 2751-2330 e 3244-8146.

Já na Pavuna a entidade beneficiada foi a Comunidade Evangélica Nação Santa, igreja frequentada pelo presidente da subseção, Antônio Carlos Rocha Faria. Ele considerou a campanha excelente, e agradeceu o engajamento não só da advocacia, mas também dos funcionários da Ordem. “Todos, desde a diretoria até os funcionários, participaram dentro das suas possibilidades. A OAB deve se manter abraçando este tipo de iniciativa”, afirmou Faria. Além de fornecer cestas básicas para aproximadamente 40 famílias, entre fiéis da igreja e público externo, a congregação ainda fornece insumos, como roupas e alimento, para uma instituição de atendimento a usuários de entorpecentes responsável pelo tratamento de 60 pessoas. “Também prestamos atendimento a população que mora nas ruas, com roupas e alimentos. Todos os donativos recebidos pela igreja têm destinação”, explicou o pastor presidente da Comunidade, Dirlei dos Santos. A igreja aceita receber doações de alimentos da cesta básica, roupas e calçados, e pode ser contactada através do site www.cenacaosanta.com.br.