Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Calor Humano encerra movimento com mais de 9 mil itens arrecadados

destaque 9000

Três meses de campanha e mais de 9 mil itens de agasalhos doados. Este é o balanço da campanha Calor Humano, realizada pela Caarj em parceria com 31 subseções e com a OAB/RJ. A iniciativa, que movimentou o estado entre maio e julho, mostrou a solidariedade da advocacia, atingindo o número de 9.107 peças arrecadadas. “A campanha surpreendeu. Muitos presidentes de subseção já faziam a coleta de roupas de frio, mas nossa união, em todo o estado, deu uma dimensão muito maior ao esforço”, afirmou o presidente da Caarj, Marcello Oliveira.

No ranking da solidariedade administrado pelo Eixo Social, três subseções se destacaram: São João de Meriti, a campeã das doações, com 1.505 itens; Cambuci, com 886 e Nilópolis, com 676 peças. A disputa foi acirrada e só foi definida praticamente na última semana de julho, quando a OAB/São João de Meriti ultrapassou a até então líder Cambuci. “Estávamos com o compromisso de chegar às mil peças, mas conseguimos superar as nossas expectativas. Tenho certeza de que vamos repetir a dose na próxima campanha”, disse a presidente da subseção, Júlia Vera Santos. Na cidade foram beneficiadas duas entidades: o Abrigo Novo Amanhecer, que acolhe crianças em regime de internação, e a Casa São Francisco de Assis, voltada para o atendimento a idosos.

Já a segunda colocada, Cambuci, abraçou a campanha por inteiro. A pequena cidade do noroeste fluminense colocou carros de som anunciando a iniciativa e funcionários da subseção iam de bicicleta até as casas dos doadores, para buscar roupas e agasalhos. Os donativos foram entregues na Sociedade São Vicente de Paula – Conferência N. Sra. da Conceição, que beneficia famílias carentes com a doação de cestas básicas e outros itens. “Coincidentemente estávamos planejando organizar uma campanha do agasalho. Juntamos a fome com a vontade de comer”, brincou o presidente da OAB/Cambuci, Pedro Paulo de Tarso. O mesmo fez a subseção Nilópolis, que agregou a própria campanha de agasalho à Calor Humano e atingiu o terceiro lugar no ranking. Os itens doados foram entregues no Instituto SOS Reviver, de atendimento a dependentes químicos, e no Abrigo Luz de Escol, voltado para o acolhimento a idosos.