Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Fome de Leitura bate a marca de 800 livros arrecadados

destaque fome de leitura

Já com mais de 800 livros arrecadados, a campanha Fome de Leitura, iniciativa da Caarj, em parceria com a ong Ação da Cidadania e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), também está conseguindo mobilizar apoios e instituições. Além do apadrinhamento da escritora Bia Bedran e do imortal da Academia Brasileira de Letras Arnaldo Niskier, a iniciativa, que está em 20 pontos de arrecadação, conta agora com a adesão de editoras, cursos de idiomas e associações. Na próxima segunda-feira (23), em evento que será realizado na Livraria Cultura, serão assinados os termos de parceria.

Já juntaram-se à iniciativa a escritora Thalita Rebouças, que doou exemplares de sua autoria para a causa, o Instituto Pró-Livro, a Aliança Francesa, a Câmara Brasileira do Livro e as editoras Zahar, Bertrand/Record, Rocco, Zit, Sextante, Ediouro e Nova Fronteira. Além de apadrinhar a campanha, Arnaldo Niskier, que também preside o CIEE, também doou 100 exemplares do seu último livro, O Rei do Circo, lançado na última Bienal do Livro. “É uma iniciativa abençoada. O analfabetismo funcional é uma tragédia nacional e é preciso que a sociedade se mobilize”, ponderou.

As estantes de arrecadação estão em locais como subseções e as casas do advogado Paulo Saboya e Celso Fontenelle. Secretário Geral da Comissão de Igualdade Racial da OAB/RJ, Rogério Gomes aplaudiu a iniciativa. “O ideal é estimular as pesquisas através de métodos convencionais como os livros, muito embora vemos a grande força da internet nos dias de hoje”, relatou. Presidente da OAB/Itaboraí, Jocivaldo Lopes da Silva considera fundamental a participação da advocacia neste movimento. “É preciso tirar da cabeça dos jovens e crianças que a leitura é desnecessária e chata. Até porque quem lê mais consegue escrever melhor, ser mais produtivo”, acrescentou. Conheça os pontos de coleta da campanha AQUI.