Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Marcelo Moutinho adere à Fome de Leitura

destaque fome de viver

Uma ferramenta de transformação social, uma porta para a construção de adultos leitores. Assim o jornalista, superintendente de Comunicação da OAB/RJ e escritor Marcelo Moutinho vê o papel do livro infanto-juvenil. E por esta razão, ele também se juntou à campanha Fome de Leitura, doando e autografando sua obra A menina que perdeu as cores. “Dificilmente um adulto que lê não passou pela literatura infanto-juvenil. Esta campanha é espetacular porque nem toda criança brasileira tem recursos financeiros para ter acesso aos livros, ou pais que sejam leitores. E precisamos estimular a leitura”, afirmou.

Ele próprio veio de uma família de não-leitores. “Venho de uma família de comerciantes, meus pais não eram leitores. A literatura entrou na minha vida pela minha irmã, que leu, pra mim, o livro Flicts, do Ziraldo”, pontuou. A história da cor que não tinha seu lugar no mundo tocou o jovem, e para Moutinho, esta também é a função da literatura: identificação e crescimento. “A leitura pode ser transcendente, pode trazer identidade. E isso, pra criança e pro adolescente, é fundamental, porque são seres em formação”, acrescentou.

Marcelo Moutinho é mais um dos autores que abraçou a campanha Fome de Leitura, resultado de uma parceria entre a Caarj, a Ação da Cidadania e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Além dele, o imortal Arnaldo Niskier, a escritora e cantora Bia Bedran, o escritor Silas Rodrigues e a escritora e jornalista Cláudia Cataldi também fazem parte desta corrente. Conheça os pontos de arrecadação de livros AQUI.