Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

ASSISTÊNCIA | NOTÍCIAS

Projeto AMAR encerra seu primeiro ciclo

Na terça-feira (25/09), o plenário da CAARJ recebeu as integrantes do projeto AMAR, que se reuniram para fazer um balanço dos encontros realizados desde maio deste ano (2018). “Criar um projeto para mulheres advogadas vítimas de agressão é algo delicado devido ao peso que a profissão carrega e impõe. Ser advogada é uma função, um cargo, um rótulo que nós levamos de uma maneira muito complexa. Todos acham que sabemos tudo e podemos resolver tudo, mas antes de ser mulher advogada, sou mulher”, explica a advogada Gracia Barradas, idealizadora do projeto.

Na ocasião, a diretora do Eixo Social e secretária-geral da CAARJ, Naide, Marinho, compôs a mesa ao lado de Barradas e Daniela Machado, delegada CAARJ na OAB Méier. “O balanço tem sido muito positivo e a Caixa não poderia deixar de abraçar este projeto, que acolhe as mulheres advogadas, que são quase metade da nossa categoria”, frisou Marinho.

Após os agradecimentos as participantes assistiram a duas palestras, com a doutora em política pública PUC-RJ Luciene Medeiros e com a Assistente Social do Centro Especializado de Atendimento à Mulher – CEAM Chiquinha Gonzaga, Luciana Vidal.

A advogada Kátia Martins é uma das integrantes que acompanham o projeto desde sua inauguração e garante que é apenas o começo de muito trabalho que está por vir. “Cada mulher tem uma história para contar, algumas mais graves. Mas todas têm algo para narrar. E foi um prazer muito grande encontrar cada uma, conhecer e aprender um pouco mais sobre mim mesma. Pretendo daqui pra frente ver esse projeto crescer e ser expandido porque o considero de grande valia. É um projeto piloto e temos que pescar os pontos positivos para que ele se prolongue e atenda outras subseções”, torce.

As advogadas interessadas em fazer parte do projeto devem entrar em contato com o Eixo Social da CAARJ pelo 21 2277-2414.