Logo da CAARJ
Logo da OAB-RJ

INSTITUCIONAL | NOTÍCIAS

TORCIDA CAARJ LAMENTA DERROTA DA SELEÇÃO

 

A Caarj se vestiu de verde e amarelo na tarde desta quinta-feira para apoiar a seleção feminina de futebol na segunda partida da Copa do Mundo. Por determinação da diretoria, todos os funcionários foram liberados para assistir ao jogo contra a poderosa Austrália, uma das favoritas ao título, e se juntaram a advogados e advogadas no refeitório da entidade para acompanhar o jogo, e também na sala da presidência, no prédio da OAB/RJ.
Apesar de derrota por 3 a 2, o Brasil continua em primeiro lugar no Grupo C, mas pode ser ultrapassado nesta sexta-feira pela Itália, que enfrenta a Jamaica. Para as oitavas-de-final, classificam-se as duas primeiras colocadas de cada um dos seis grupos, além das quatro melhores terceiras colocadas.
– Da mesma forma que o Brasil prestigia a seleção masculina, temos que prestigiar a feminina, e o futebol feminino, em geral. Ficamos tristes com a derrota, que considerei injusta demais. Mas a torcida continua. Na próxima terça, encerremos o expediente às 15h, para que todos possamos estar juntos novamente nesta corrente – disse o presidente da Caarj, Ricardo Menezes.
A vice-presidente da OAB Mulher, Rebeca Servaes, estava indignada com o resultado. Mas confia na recuperação da seleção no terceiro jogo, contra a Itália, que decidirá a classificação para as oitavas de final.
“O erro da arbitragem no terceiro gol da Austrália é inadmissível. Com VAR e tudo. Óbvio que a australiana participou do lance. Se não estivesse ali, a Mônica não teria por que cabecear aquela bola. E ainda teve um pênalti nos acréscimos a nosso favor não marcado”, protestou Rebeca, torcedora do Fluminense.